Archive for ‘Seja Verde’

maio 9, 2011

Ração Transgênica

Oieeee

QUE SAUDADE!!!

Que assunto chato, mas é isso mesmo: fazia tempo que eu não ia ao Pet Shop, fui poucas vezes desde que aderi ao Cachorro Verde.
Pois que este ano a correria está demais e providenciar a dieta do Cachorro Verde dá mais trabalho, então resolvemos comprar um saco de ração.

Cheguei lá, no Pet Shop, achei que não estava enxergando direito. A grande maioria das embalagens, com o TRIÂNGULO AMARELO E O T de transgênico.
Agora sim ficou mais claro, para quem quer fazer a melhor escolha.

Custei encontrar um pacote mais natureba lá, sem soja nem milho transgênicos.

Chegamos e demos a ração pro cachorro, que comeu meio a contragosto. Pelo menos misturamos iogurte natural.
Mas eis que chegou o resultado: muito cocô e um cocô TÃO fedido, que decidimos doar o pacote inteiro de ração (15kg) e voltar à dieta do Cachorro Verde, com cenourinha, frutas, arroz, carne crua, carne com osso, iogurte.

Um cachorro feliz, um quintal menos fedido.

Img.: Dog Chow

Anúncios
março 30, 2011

Limpe a sujeira do seu cão

 

Seria bom se os cãezinhos pudessem usar o vaso sanitário ou limpar seu próprio cocô, não é mesmo?
Alguns donos de cachorro vivem nesta ilusão e acham que se levarem o Totó para passear na rua, não precisarão se preocupar com a limpeza. Lamentável.

Esta responsabilidade é só do dono e de mais ninguém. Ah, os transeuntes que se depararem com esta cena, também devem sugerir que o dono recolha a sujeira de seu cão.

A calçada é a mesma que todos irão pisar, antes de entrarem na sua casa. O cocô a céu aberto libera gazes que poluem o ar, atraem insetos, moscas e doenças para a comunidade.
Deixam a calçada feia, o cheiro ruim.

Portanto se você se importa em viver com higiene, saúde e sem o risco de pisar em um cocô ao sair de casa, recolha a sujeira do seu bichinho com um saco plástico ou jornal e descarte no lugar correto.

Sabemos que o melhor descarte para fezes é o vaso sanitário, pois no esgoto elas são tratadas de forma adequada, enquanto as fezes nos aterros sanitários poluem não só o ar, como também o solo.

Seja mais um cidadão consciente! Só mais um é bastante, sim. Você é especial, formador de opiniões e dará exemplo a muitos outros.

Img.: 091

março 20, 2011

Não seja um eco-chato

 

É isso aí, quem é vivo sempre aparece! ;o)

Recadinho de hoje: não se transforme em um pentelho ecológico.

Quem é essa pessoa? É aquela que, indignada com as injustiças cometidas contra a nossa querida Terra, passa a pregar um desânimo, como se as coisas não tivessem solução. Critica todos os projetos ecológicos, governantes e empresários e faz disto seu assunto constante, tornando-se longo, ‘boring’ e até pessimista.

Acho perda de tempo. Muito mais eficaz investir em atitutes.
Se a idéia é proteger a Terra, precisamos agregar todos os seus habitantes nesta consciência, antes de conseguirmos milagres com empresários.
Um povo unido por uma causa derruba qualquer injustiça.

Se não dermos dicas ecológicas simples e de fácil inserção no dia-a-dia, ninguém irá aderir. Não podemos fazer as coisas parecerem tão complicadas.
E uma mudança de comportamento acontece aos poucos.

Pensando assim é que eu sou otimista, acredito nos projetos ecológicos mesmo sabendo que existe roubalheira e acordos financeiros com ONGs famosas, aproveitadores de plantão no governo e etc.
Dou o exemplo e fico feliz em ver como sou imitada.

Enfim, é sendo positivo, dando o exemplo e trabalhando sem parar, que vamos evoluir a cada ano na auto-sustentação de nossa morada.

Galerinha verde, eu adoro o apoio que vocês me dão no blog! E fico muito feliz em ver que este assunto está interessando cada vez mais pessoas.
Besitos a todos

fevereiro 23, 2011

Decida-se pelo mais natural

 

Oiiiii gente!

A dica de hoje é para darmos mais importância, ênfase e preferência a tudo que é natural.
A tecnologia, a industrialização e o digital são maravilhas que estão aí para complementar o que a natureza já nos deu, e não substituir.

Por exemplo, por que mecanizar os partos e fazer do Brasil um líder em partos cesarianos chegando a ter hospitais com índices de 70% a 90% de cesáreas? Na Áustria, o índice nacional é de 7%.
Leia este artigo do site Amigas do Parto.

Por outro lado, nos EUA a amamentação não é muito aderida, aliás ela é até um pouco ‘taboo’ ou mesmo ridicularizada, já que os peitos são as armas de abate de maridos por lá.

Recentemente na Folha de SP o Dr. Drauzio Varella demonstrou estas estatísticas da incidência de asma em crianças e adolescentes:

1) A incidência aumenta à medida que as sociedades se tornam mais desenvolvidas.

2) Filhos únicos correm mais risco do que os nascidos com vários irmãos.

3) Crianças que começaram a frequentar creches ou escolas mais precocemente têm menos asma.

4) Crianças criadas nas cidades têm mais asma do que as do campo.

5) Crianças de oito anos nascidas em partos cesarianos apresentam duas vezes mais asma do que aquelas vindas ao mundo por via vaginal.

6) Quanto mais antibióticos recebe a criança, maior a incidência.

O natural é a criança brincar, conviver com crianças, andar descalça, sentir o vento e a garoa de vez em quando, por que não?
Pegou um resfriado? Apele para as Terapias Naturais, pois se seu filho tomar muito antibiótico, ainda corre o risco de ficar mais doente.

Ah! Desculpe pelo sumiço! É que 2011 começou diferente para mim, estou trabalhando agora em outra área (seguros) e dedicando bastante tempo para isso, além dos outros afazeres habituais.

Sinto muita falta de escrever aqui, mas a idéia é conseguir um tempo para programar os posts e assim ficar mais em dia..
Quero visitar os blogs que eu sigo, vou me organizar quanto a isso também, não gosto de perder as novidades!

Img.: Daisiesarelikesunshine

fevereiro 7, 2011

Troque as lâmpadas incandescentes [Teia Ambiental]

Não sei se você ouviu a notícia, mas a partir de 2016 as lâmpadas incandescentes de mais de 40 Watts serão banidas do mercado no Brasil, a não ser que uma tecnologia as torne mais econômicas.

Medida que protege o planeta e economiza pra gente.

A maioria das pessoas já está trocando as incandescentes pelas fluorescentes em suas casas.
Só que ainda mais ecológicas do que as fluorescentes, são as lâmpadas de LED,  segundo este comparativo do Scribd.

Então, não espere até 2016. Comece a trocar todas as suas lâmpadas JÁ!

A seguir, algumas fotos de decoração com iluminação ecologicamente correta:

  Loft super mega show com iluminação em LED, via Design-Milkespacodecorado.com
Cozinha super aconchegante, com LED+fluorescente. Via Frutaína
janeiro 25, 2011

Faça mais para evitar as enchentes [Teia Ambiental]

 

‘Inundação da Várzea do Carmo, 1892’ de Benedito Calixto. Mais visualizações e info aqui.

No dia do aniversário da cidade de São Paulo, eu não poderia pensar em outro tema para falar, se não as enchentes.

Como moro aqui, estou percebendo que a situação tem sido mesmo um fantasma para a população. As pessoas têm receio de sair na parte da tarde, pois acham que podem pegar um temporal e ficar alagados.

Eu já peguei enchentes pequenas, com trânsito e nada mais.
Porém no domingo passado foi a primeira vez que eu fiquei ilhada com a minha família e outras dezenas de paulistanos – em um posto de gasolina no Brás – após escapar da Marginal Tietê, que estava inundada e intrasitável em um certo ponto.
E assim foi em outros pontos da cidade.

O tema tem me chamado a atenção também pelos comentários infelizes de certa camada da sociedade, que culpa pura e simplesmente os moradores dos locais afetados, dizendo que “se eles jogam lixo na rua, que fiquem alagados”.

Jogar lixo na rua é inadmissível.
Colocar o lixo na rua, fora da hora que o lixeiro passa, também é um crime.
Mas infelizmente ainda vemos muito disso acontecendo, partindo de todas as classes sociais.

Mas a história é longa.
Hoje mesmo eu vi uma pintura – por sinal divina como tantas – de Benedito Calixto no Museu do Ipiranga, que retrata uma inundação no centro de São Paulo. Veja a foto lá em cima.
E o nosso museu aí em baixo:

 

Esta dica é importante para nós, mas muito mais importante para o governo de nossa cidade. E este, pelo jeito, desde o início não deu importância para o impacto da urbanização na vida futura.

Digamos que conseguíssemos ensinar os cidadãos – ou coagi-los – a tratar o lixo como deve ser tratado e eliminássemos a questão dos lixos entupindo os bueiros e os rios.
Já seria um certo alívio. Isso ajudaria por alguns anos.

Digamos que conseguíssemos (daqui pra frente) proibir a construção de casas em locais com risco de erosão.
Já salvaríamos muitas vidas.

Mas não seria o bastante. Precisamos de regulamentações ecológicas sérias.

E o efeito estufa? Estamos carecas de saber o que polui e aquece o nosso planeta, causando entre outras reações, a chuva: combustíveis, fumaça das indústrias, aerosois, gases do lixo, queimadas, etc.

Com o ‘desenvolvimento’ da cidade veio a impermeabilização do solo e a erosão.
Com a industrialização veio a poluição.
Assuntos que devem ser levados em consideração pelo governo, regulamentadas, planejadas e colocadas em ação JÁ!
No IG você pode ler as soluções para as enchentes com maiores detalhes.

Também adorei o post da Flora sobre este assunto. Ela esclarece muito bem as causas das enchentes. Querida Flora, perdoe-me mas não pude evitar falar deste assunto também.

Vamos nos conscientizar da verdade antes de tudo.
E como sempre, fazer a nossa parte e dar o exemplo.
E ficar de olho em quem escolhemos (ou escolheram) para cuidar de nossa cidade. Ligar na sub-prefeitura, perguntar, solicitar, cobrar, denunciar.

Ecologia não é mais utopia! Já estamos falando do nosso dia-a-dia.

Img.: NovoMilenio.inf.br e Renata RZ

janeiro 3, 2011

Seja verde também no trabalho

 

Muitos estão voltando à rotina de trabalho, mas.. é ano novo!

Que tal mudar uns velhos hábitos? Você já põe em prática as dicas abaixo?
1. Economizar papel: usar os dois lados das folhas e imprimir só se for mesmo necessário. Envie Notas Fiscais eletrônicas, comprovantes e comunicados por e-mail e peça para que as contas a pagar sejam recebidas online.
2. Utilizar os aparelhos eletrônicos apenas durante o tempo necessário. E se vai sair da mesa por mais de 10 minutos, feche o computador ou desligue o monitor.
3. Tenha plantas (naturais) no escritório. Até os rapazes. Elas trazem vida, leveza e um ar mais puro para o ambiente. Plantas artificiais? Ah, no geral só juntam pó.

4. Dê o exemplo aos seus colegas, descartando o lixo sempre no lugar certo, inclusive reciclando e reutilizando.

5. Utilize uma xícara permanente para o café e um copo para a água, reduzindo drasticamente o uso dos descartáveis.

6. Utilizar com mais frequência os recursos tecnológicos disponíveis para evitar as longas viagens, de carro ou avião, fazendo reuniões por vídeo-conferência e adotando o sistema home-office.

7. Dê e pegue carona. Dividir o combustível é algo simples de se fazer e o planeta agradece. Muitos vão e voltam para a mesma região, sozinhos dentro de um carro, ou ensardinhados dentro do metrô ou do ônibus. Combine entre os colegas do escritório, do prédio ou encontre pessoas em sites como o Caroneiros, que tem membros no Brasil todo.

8. Lembre-se de ser gentil e justo. Não é nada green subir na cabeça de outro ser humano para se chegar ao topo.

janeiro 3, 2011

Apoie instituições ecológicas

Veja aí algumas propagandas da WWF. Quem sabe não te convencem?

Para apoiar a WWF, você pode se afiliar, fazer doações mensais, divulgar pela internet, denunciar criminosos ou mesmo dar o exemplo e ser GREEN. Leia mais aqui.

Img.: ZuzaFun.com

p.s. Tive que mudar novamente o template do Dicas Green. Meu marido já me disse que este é meio infantil, mas….. é o que tem pra hoje. Eu gostei do passarinho! Peguei aqui.

dezembro 27, 2010

Faça promessas ecológicas para o Ano Novo

 

Oie!

Eu reuni 5 promessas ecológicas bem simples para qualquer um poder cumprir no Ano Novo. Vamos lá, não precisa imprimir, apenas guarde no coração:



1. Fazer da Sacola Ecológica minha companheira inseparável
2. Ser vegetariano 1 vez por semana

3. Reduzir ainda mais a quantidade de impressões / papel sulfite utilizado em casa e no trabalho, inclusive trocando todas as contas possíveis, para Online.

4. Fazer replantios regularmente, trocando espécies de plantas com vizinhos e parentes

5. Andar mais a pé e pegar menos o carro

É isso aí!!
Um Feliz e Green 2011 a todos!

Img.: DavidRisley.com

dezembro 19, 2010

>33. Conserte todos os vazamentos de água

>

Não é nada green ter vazamentos de água em casa.
O Sr. Feng Shui também não recomenda. Diz que água vazando é dinheiro escorrendo pelo ralo.
E nem faz bem pro bolso. Recentemente consertamos um vazamento besta que reduziu a conta de água em 30%. Também fiquei besta e vim contar!

Img.: Squidoo