Archive for ‘Ativismo’

maio 9, 2011

Ração Transgênica

Oieeee

QUE SAUDADE!!!

Que assunto chato, mas é isso mesmo: fazia tempo que eu não ia ao Pet Shop, fui poucas vezes desde que aderi ao Cachorro Verde.
Pois que este ano a correria está demais e providenciar a dieta do Cachorro Verde dá mais trabalho, então resolvemos comprar um saco de ração.

Cheguei lá, no Pet Shop, achei que não estava enxergando direito. A grande maioria das embalagens, com o TRIÂNGULO AMARELO E O T de transgênico.
Agora sim ficou mais claro, para quem quer fazer a melhor escolha.

Custei encontrar um pacote mais natureba lá, sem soja nem milho transgênicos.

Chegamos e demos a ração pro cachorro, que comeu meio a contragosto. Pelo menos misturamos iogurte natural.
Mas eis que chegou o resultado: muito cocô e um cocô TÃO fedido, que decidimos doar o pacote inteiro de ração (15kg) e voltar à dieta do Cachorro Verde, com cenourinha, frutas, arroz, carne crua, carne com osso, iogurte.

Um cachorro feliz, um quintal menos fedido.

Img.: Dog Chow

março 26, 2011

Dia Mundial da Água e Hora do Planeta

Galerinha verde!

Nem deu tempo de comemorarmos o #World Water Day como ele merece, né?
Mas minha amiga Paula publicou parte do meu texto do ano passado sobre este assunto, na edição de hoje do jornal de Três Pontas-MG em que ela escreve, o Correio Trespontano. Fiquei tão feliz!
Olha aí a página que a gente saiu. Quem quiser ver o jornal todo, pode adicionar o Bella Ideia no facebook.



* Mas ainda dá tempo de aderir à #HoradoPlaneta, deixando de utilizar energia elétrica entre 20h30 e 21h30 no dia de hoje.

Atualizações bloguísticas:

1. Este mês eu não pude participar da Teia Ambiental, mas quem puder, vale a pena entrar nos blogs participantes (posts do dia 7 de março).
2. Selinhos: estou caçando todos os selinhos que eu recebi para postar. É um mais fofo que o outro!

é isso aí! *.*

março 20, 2011

Não seja um eco-chato

 

É isso aí, quem é vivo sempre aparece! ;o)

Recadinho de hoje: não se transforme em um pentelho ecológico.

Quem é essa pessoa? É aquela que, indignada com as injustiças cometidas contra a nossa querida Terra, passa a pregar um desânimo, como se as coisas não tivessem solução. Critica todos os projetos ecológicos, governantes e empresários e faz disto seu assunto constante, tornando-se longo, ‘boring’ e até pessimista.

Acho perda de tempo. Muito mais eficaz investir em atitutes.
Se a idéia é proteger a Terra, precisamos agregar todos os seus habitantes nesta consciência, antes de conseguirmos milagres com empresários.
Um povo unido por uma causa derruba qualquer injustiça.

Se não dermos dicas ecológicas simples e de fácil inserção no dia-a-dia, ninguém irá aderir. Não podemos fazer as coisas parecerem tão complicadas.
E uma mudança de comportamento acontece aos poucos.

Pensando assim é que eu sou otimista, acredito nos projetos ecológicos mesmo sabendo que existe roubalheira e acordos financeiros com ONGs famosas, aproveitadores de plantão no governo e etc.
Dou o exemplo e fico feliz em ver como sou imitada.

Enfim, é sendo positivo, dando o exemplo e trabalhando sem parar, que vamos evoluir a cada ano na auto-sustentação de nossa morada.

Galerinha verde, eu adoro o apoio que vocês me dão no blog! E fico muito feliz em ver que este assunto está interessando cada vez mais pessoas.
Besitos a todos

janeiro 27, 2011

Cobre atitudes verdes das pessoas

 

Um dia desses eu estava vendo um filme meio maluco com a Jennifer Aniston, mas comecei a assistir. Chama-se Management (ou O amor pede passagem).
No começo pensei que fosse ser no estilo Psicose. Mas depois virou uma comédia romântica (claro!).

Mas o que isso tem a ver com as Dicas Green?

Eis que em uma cena, ela, hospedada numa pousada-beira-de-estrada (do futuro cacho dela) vai até a gerência perguntar por que não havia coleta seletiva ali e que isso para ela, era muito importante.

Fiquei pensando que quase ninguém faria isso.

Esta pode até ser uma dica meio eco-chata, mas devemos sim, fazer valer a responsabilidade social que têm os estabelecimentos para com o nosso planeta. Afinal de contas eles geram mais lixo do que as casas e lá circulam mais pessoas, que podem ser informadas sobre tais atitudes verdes.

E você, já fez como a Jennifer?

Img.: Yamangurl (pousada em Costa Rica)

janeiro 16, 2011

Deixe o coração falar mais alto [ajude o Rio]

 

Você, como eu, já derramou as suas lágrimas e se sentiu impotente perante as tragédias que vêm acontecendo em nosso planeta, como o que está acontecendo agora, na Região Serrana do Rio de Janeiro?
Já fez as suas preces e divulgou informações, mas como eu, gostaria de ajudar mais?

Procure uma forma segura e envie também donativos.

A dica de hoje é para ajudar a região serrana do Rio, neste momento difícil: a Luci do blog Postando sobre Artes, organizou uma rifa com prêmios de artistas maravilhosas da blogosfera, a R$ 5,00 cada número.

Pode-se também doar os prêmios a serem sorteados. É só entrar em contato com a Luci ou com a Elaine Gaspareto.

Vou ver se ainda dá tempo de produzir alguma coisa e enviar como prêmio, mas as rifas eu já comprei!
Vamos lá?

Obrigada, Vero, pela dica.

janeiro 3, 2011

Apoie instituições ecológicas

Veja aí algumas propagandas da WWF. Quem sabe não te convencem?

Para apoiar a WWF, você pode se afiliar, fazer doações mensais, divulgar pela internet, denunciar criminosos ou mesmo dar o exemplo e ser GREEN. Leia mais aqui.

Img.: ZuzaFun.com

p.s. Tive que mudar novamente o template do Dicas Green. Meu marido já me disse que este é meio infantil, mas….. é o que tem pra hoje. Eu gostei do passarinho! Peguei aqui.

dezembro 15, 2010

>32. Entre para a "Guerra Verde"!

>

Violência agora?

Claro que não.. Sou totalmente pacífica. É que aprendi uma maneira fácil de bombardear a cidade de verde.
Muito romântica?

Bom, o agrônomo japonês Masanobu Fukuoka (aquariano como eu) também acreditava nisso. Ele recuperou diversas áreas desertificadas no planeta e até chegou a ganhar um Prêmio Nobel por sua contribuição com a humanidade.
 
Ele ensinou a fazer as Bombas Verdes, bolinhas de sementes que podemos jogar em áreas abandonadas e terrenos baldios, para quando a chuva cair, a argila derreter e as sementes germinarem.

1. Selecione 1 parte de sementes variadas e misture com 3 partes de adubo orgânico (composto vegetal)
2. Prepare 5 partes de terra argilosa peneirada com 1 a 2 porções de água.

3. Faça bolinhas de 2 a 3 cm de diâmetro e deixe secar à sombra por 2 dias.

Legal né? Mão na massa!
Valeu Sr. Fukuoka!

Info: Bons Fluidos
Img.: littlehomesteadinthecity.org

novembro 11, 2010

>28. Jamais adquira animais não-autorizados

>

Hola mi gente,

Dica importante e super bem colocada pela Casinha da Árvore, sobre a biopirataria (clique aqui).

A melhor casa para os papagaios, periquitos, répteis, macaquinhos ou borboletas é o seu habitat natural.
E qualquer  estabelecimento ou criadouro deve ter autorização do IBAMA para poder comercializar animais selvagens.
Sem mencionar o dinheiro imundo que os contrabandistas ganham por retirar animais da natureza, vendê-los e fazê-los passar por sofrimento ou até a morte.

O post lá no blog Casinha da Árvore tem várias curiosidades sobre este assunto, vale a pena dar uma lida e se puder, espalhar!

agosto 25, 2010

>11. Voluntariar-se pelo planeta

>

Seja para uma ONG, seja para sua igreja ou instituições de caridade, todo trabalho voluntário ajuda a fazer um planeta melhor.

Há missionários que vão a favelas, levar um pão e uma palavra (e os ouvidos) às famílias carentes.
Pessoas que dão aula de graça em instituições de caridade e orfanatos.
Ambientalistas que colaboram com o dinheiro do próprio bolso para viajar e salvar animais e alqueires de florestas.
Empresários que sustentam uma ou mais instituições, religiosas ou não, em prol de causas humanitárias.

Será que o mundo não estaria bem pior, sem a ação dessas pessoas?
Então, arregace as mangas! Todos podem!

Abaixo estão as instituições ão Paulo que eu conheço de perto, procure locais parecidos com estes em sua cidade:

:: Na ALIANÇA DE MISERICÓRDIA e CENTRO ESPIRITA BOA NOVA, pode-se trabalhar com pessoas de rua e favelas
:: As CASAS ANDRE LUIZ e o INSTITUTO BEZERRA DE MENEZES aceitam doações de ‘quase tudo’, desde móveis até roupas, para venderem no bazer. Retiram, o que é melhor.
:: No LAR SIRIO e outros orfanatos, você se voluntariar, e fazer um trabalho sério, naquilo que você mais gosta como dar aulas de inglês ou de artes.
:: O BANCO DE ALIMENTOS, GREENPEACE e CONSERVATION.ORG são ONGs que você pode apoiar, entre nos sites e saiba como.

Ainda tem asilos, o PORTAL DO VOLUNTÁRIO e muitas muitas outras coisas que você pode fazer, é só ouvir o chamado!

Img.: apr.org; Springboard for Children

agosto 3, 2010

>4. Adote um bichinho

>

Visitando e *suspirando* no blog da Andrea Guim, eu conheci o Quero 1 Bicho – um site que reúne bichos que foram capturados pela carrocinha e estão aguardando um lar.

Já falamos aqui sobre o prazer e a importância de se ter pelo menos um bichinho de estimação.
Com eles, aprendemos muito sobre nós mesmos e sobre os outros seres humanos… quem tem, sabe!

Está a fim de ter um? Então adote, com tantos bichos precisando de um lar, pra que pagar (às vezes muito caro) por um pedigree?

Talvez você saiba que eu tenho um labrador, já mostrei ele aqui, ele foi comprado. Em compensação todos os gatinhos que eu tive (5!) foram adotados.

Tá bom vai, MORRE de vontade de ter um Lhasa Apso ou um Bulldog francês?
Eles também são filhos de Deus – e lindos – então, compra um e adota um amigo pra ele.
Onde come um, comem dois, não é mesmo?!

 

Img.: Quero um bicho